Não é novidade que boa parte da vida do brasileiro que vive nas grandes cidades é no trânsito. Segundo levantamento divulgado durante o evento Summit Mobilidade Urbana 2019, uma pessoa no Brasil gasta em média 32 dias por ano no trânsito. E existem três grandes companheiros para todo esse tempo: o ar condicionado, o rádio e o Waze. E o aplicativo de trânsito pode te ajudar a atrair clientes para o seu estabelecimento.

O aplicativo de trânsito, que está presente em 185 países e tem mais de 130 milhões de usuários ativos mensalmente, é praticamente indispensável para a maioria dos motoristas. Mais do que apenas mostrar o caminho para um destino, ele guia os usuários pelas melhores rotas baseado em critérios como menor tempo de trajeto ou melhor custo-benefício.

E como o brasileiro passa tanto tempo no trânsito, é de se concluir que sejamos um mercado relevante para o aplicativo, certo?!

Certo. E mais que isso, pois segundo o Waze somos o 5º maior mercado do mundo e maior da América Latina para o aplicativo. O brasileiro gasta, em média, 1 hora e meia por dia no Waze.

Mas por que anunciar no Waze?

Anunciar no aplicativo de trânsito traz diversas vantagens e oportunidades para seu negócio:

Além disso, você também pode segmentar os condutores que serão atingidos pelos seus anúncios baseando-se em diversos critérios, tais como:

  • Audiência: alcança o motorista durante uma rota diária, pelo destino traçado ou pela variação de distância da rota;
  • Real Time: você escolhe um horário do dia e/ou dia da semana para veicular os anúncios e usar mensagens específicas de acordo com o trânsito ou o clima, o que abre um leque de possibilidades para abordagens criativas e divertidas;

Mas qual estratégia adotar para atrair clientes do aplicativo para seu negócio?

Você pode escolher entre diversos tipos de anúncio

O interessante do aplicativo é a possibilidade de anunciar em diversos formatos, de acordo com o objetivo. São eles:

Anúncio de PIN

Nesse formato de anúncio, uma marcação de seu estabelecimento é exibida no mapa quando o usuário está próximo do local. Ao clicar na marcação, abre-se uma janela em que é possível colocar informações, promoções ou imagens chamativas, e o usuário pode escolher entre opções como “dirigir até o local”, “obter o cupom” e “ligar agora”. É ideal para divulgação de negócios locais, pois atrai clientes que já estão fisicamente próximos ao estabelecimento, além de gerar conhecimento de sua existência para quem não é da região.

Considere, por exemplo, um motorista que está praticamente sem combustível e não sabe onde fica o posto de gasolina mais próximo para abastecer. Ao olhar no mapa do Waze, ele verá o PIN de um posto anunciante próximo e irá até ele. O motorista consegue abastecer seu carro e o anunciante realiza uma conversão que provavelmente não aconteceria sem o anúncio.

Anúncio de Busca

Aparece com destaque nos resultados de pesquisas quando o usuário busca pelo nome do estabelecimento ou por um endereço nas proximidades. Ao clicar no anúncio, o motorista inicia um trajeto direto ao local. O anúncio é ideal para ser encontrado pelo usuário em busca do seu serviço ou para atrair o usuário que estará pelas redondezas.

Anúncio Takeover

Esse é o formato de anúncio mais tradicional do aplicativo, que surge na tela quando o motorista está com o carro parado. Ele é configurado para aparecer para o seu público-alvo, esteja ele próximo ou não do local. É ideal para a divulgação de promoções e ações de branding de grandes marcas.

Hoje em dia, com tanta informação, é preciso estar presente em todas as plataformas possíveis. O potencial máximo de divulgação de uma marca é alcançado quando ela é omnichannel, ou seja, presente em todos os canais.

Quando se tem um negócio local, não é preciso gastar rios de dinheiro com divulgação online para atrair clientes para a loja física. Obviamente é necessário investimento financeiro para otimizar as ferramentas, mas com uma boa estratégia é possível alcançar os melhores resultados sem gastar muito.

No caso de restaurantes, clínicas odontológicas, pequenas lojas e demais negócios que exercem influência apenas na cidade ou região em que estão localizados fisicamente, investir continuamente em palavras-chaves só é benéfico se for para um público segmentado apenas para essa região. Mas, mesmo assim, não se faz necessário, uma vez que um website razoavelmente estruturado, uma página bem alimentada no Google Meu Negócio e perfis ativos nas redes sociais trazem mais pessoas que o tráfego pago, e isso de forma orgânica.

É importante estar lá quando buscam por você

Segundo pesquisa da Go Gulf, 46% de todas as pesquisas no Google são em busca de informações locais, o que mostra que é ali que você deve estar quando o cliente procurar pelo seu serviço.

Peguemos como exemplo uma oficina de automóveis. O indivíduo interessado em trocar alguma peça do carro não vai pesquisar pelo serviço em outra cidade, sendo que existem oficinas locais que fazem o serviço, então ele pesquisa opções próximas a ele.

 

Mas como nenhum business é livre de concorrência, é preciso trabalhar de forma a ser proeminente. Cada pesquisa feita pelo seu serviço é primordial, uma vez que 78% das buscas locais resultam em uma compra offline, segundo a SEO Tribunal. E mesmo com uma boa estratégia de SEO local, existe outro importante fator que destaca o seu negócio perante os demais.

A conversão não encerra a jornada de compra, mas pode iniciar outra

Não é novidade que a internet é o local em que o cliente vai avaliar e descrever a experiência que teve com seu produto ou serviço. A experiência entre a loja e o consumidor pode ser descrita como uma via de mão dupla, em que o desempenho online influencia diretamente no desempenho offline e vice-versa.

Uma evidência da importância das avaliações é um estudo realizado pelo SEO Tribunal, que concluiu que 91% dos consumidores entre 18 e 34 anos confiam em empresas com avaliações positivas. Isso nos mostra que a jornada de compra não se encerra no momento da conversão, e para conquistar novos clientes ou manter a reputação de seu negócio, é necessário estabelecer um relacionamento cordial e proporcionar a melhor experiência possível.

Para conquistar o consumidor que deseja comprar ou alugar um imóvel, é preciso se modernizar para acompanhar o comportamento do cliente contemporâneo. Com novas tendências surge a necessidade de novas soluções para atender a um setor cada vez mais exigente.

A princípio, é necessário entender que a jornada de compra de um imóvel se baseia em dois fatores: a informação e a emoção. A primeira se dá ao fato do consumidor moderno ser mais analítico por ter maior facilidade de acesso à informação por meio da internet. Quando antes era necessário deslocar-se para visitar cada imóvel (o que limita o número de opções), hoje com apenas um clique é possível ter um rol com centenas de opções com todas as informações, fotos e, muitas vezes, até uma “visita virtual”.

Já a emoção se caracteriza pelo fato que o imóvel é o local onde o comprador ou locador vai viver. É ali que ele vai tomar banho, dormir, sentar-se com sua família para uma refeição, assistir televisão e, muitas vezes, criar seus filhos. É preciso fazer com que o consumidor se sinta feliz em imaginar os próximos dias da sua vida naquele imóvel.

A necessidade de integração, informação e comunicação

Quanto mais problemas for possível solucionar com um único meio, maiores as chances de satisfazer o cliente e realizar mais conversões. Por meio de uma plataforma personalizada com componentes que atendam à todas as suas necessidades, essa tarefa é simplificada.

Anúncios: otiizando a divulgação dos imóveis na internet

No momento que desperta no consumidor o desejo ou a necessidade de adquirir um imóvel, ele visita blogs sobre as residências da região que deseja morar. Dessa forma, anunciar em blog e portais regionais sobre o setor pode ser um diferencial, pois faz com que o primeiro contato na jornada de compra seja com um anúncio de display de uma residência que o seu estabelecimento está comercializando.

Veja o depoimento do Wilian Silva, superintendente de marketing da construtora Kallas, sobre o impacto das campanhas digitais para o seu negócio:

A relação com os corretores pode ser dificultada pelas falhas de comunicação existentes, prejudicando a veiculação dos anúncios. E, sendo assim, cada corretor acaba por fazer a divulgação de imóveis de forma pessoal. Com a plataforma Reach+, é possível padronizar os anúncios e o relacionamento, de forma que facilite para que o corretor siga as diretrizes estabelecidas pela marca para a divulgação e atendimento.

Por estar constantemente se informando sobre moradias, o anúncio vai impactá-lo novamente, seja por remarketing ou nos portais de notícias que ele acessa, e dessa vez o consumidor poderá clicar na casa que há tempos vem despertando seu interesse. Além disso, o corretor que tiver alguma ideia ou um anúncio local para segmentar para um nicho específico pode solicitar campanhas para na Adstore.

Um website otimizado proporcionando uma experiência de avaliação ágil e completa

De forma a informar e passar confiança para esse consumidor, outro componente da plataforma Reach+ que ajuda as construtoras, viabilizando a conversão é o website otimizado. O cliente em busca de imóveis costuma olhar diversas opções de uma vez só, e ter essas opções disponíveis em uma página bem estruturada e com rápido carregamento fornece a agilidade que aquele lead procura.

Quanto ao fornecimento de informações, é preciso disponibilizar aquilo que ele busca. O consumidor de hoje quer e pode ter uma profunda imersão no imóvel, então quanto mais fotos forem disponibilizadas no site, melhor. Além disso, ele não preza mais somente pelo conforto e luxo, mas também por outros fatores como, principalmente, a localização.

Portanto, o Local Experience é um componente que pode ser adicionado no website da construtora. Nele, o lead pode averiguar a localização dos imóveis disponíveis, bem como a presença ou ausência, na proximidade, dos principais fatores decisivos para o processo de compra: escolas, supermercados, centros comerciais, dentre outros estabelecimentos que, se próximos da moradia, trazem praticidade.

Monitorando e entendendo o consumidor com o Call Tracking Inteligente

Enfim, é chegada a hora do contato direto em busca de informações mais aprofundadas e agendamento para visita. Com um Click to Call disponibilizado no website otimizado ou portal de anúncios de imóveis, ele entra em contato com o responsável. Um componente da plataforma Reach+ é primordial nessa etapa: o Call Tracking Inteligente.

Com ele, é possível rastrear a campanha de origem daquele lead, percebendo-se quais estratégias de campanha dão maiores resultados. Essa informação pode ser usada para otimizar todas as campanhas, aprimorando-as como um todo, e não individualmente.

Além disso, a inteligência artificial que realiza transcrição de voz e identifica intenções consegue captar termos-chave proeminentes para a conversão do lead imobiliário, fornecendo insights para aprimorar o atendimento fornecido na corretagem. Dessa forma, é possível monitorar e padronizar, de forma a estabelecer uma identidade da marca no diálogo, promover a melhor experiência do consumidor e evitar lapsos de informações e gargalos, de forma que a mesma sempre seja completa.

Depois de uma ligação informativa e satisfatória, chegou a hora do lead visitar a casa. É aí que o discurso de vendas do corretor imobiliário entra em ação, pois ele deve incendiar o consumidor com o sentimento de emoção citado no início do texto. O cliente deve se sentir convencido pela casa e pelo corretor, para que assim seja realizada, enfim a conversão.

 

Abrir uma franquia sempre é uma boa ideia para os empreendedores. Contar com uma marca já consolidada no mercado, aliado a todo suporte e treinamento disponível pode acelerar os resultados. Porém, uma questão que sempre gera dúvidas é sobre como elaborar as estratégias de marketing para franquias e manter uma comunicação integrada e eficiente.

Como funciona o marketing para franquias?

É possível criar estratégias que beneficiem franqueado e franqueador?

É possível sim criar ações de marketing para franquias que beneficiem ambas as partes.

O franqueador costuma liberar para o franqueado uma fanpage para ele trabalhar com o marketing local, mas não um website. Tudo isso porque o franqueador quer manter o tráfego dentro de seu site e o controle de detalhes, como a padronização e o conteúdo da marca.

Por meio da tecnologia, a Reach consegue ajudar os franqueados a fazer essa flexibilização. Por exemplo, temos como cliente a CNA, empresa reconhecida no setor de educação de línguas estrangeiras, com mais de 500 unidades em todo o país.

Nesse caso, a solução foi centralizar a captação de alunos na matriz. Ou seja, a franqueadora contrata a nossa plataforma e nós criamos as campanhas para o Brasil inteiro, entregando potenciais alunos em cada uma das lojas.

Vamos supor, por exemplo, que um cliente em Santos faz uma busca online e é impactado pela campanha da marca. Ao entrar no site, ele pode tanto ligar para o número da empresa e ser atendido por uma URA, quanto encontrar ali mesmo a informação necessária. Em ambos os casos, ele será direcionado para a unidade mais próxima com base em sua localização.

Ao fazer isso, a matriz tem o conhecimento dos interessados e em qual das lojas ele está sendo direcionado. Alguns dados importantes, como qual a mídia utilizada para a captação, origem do tráfego, além da data e horário, são gerados para a matriz.

Dessa forma uma marca pode ter 200 unidades de franquias; a matriz continuará no controle das estratégias sem que elas percam eficiência.

Como fazer uma boa gestão de marketing e agradar a ambos?

O franqueador deseja aumentar o conhecimento e presença de sua marca, gerando mais franquias. Já o franqueado quer captar mais clientes para ele.

Se a matriz analisa os dados, enxerga que muitos leads quentes estão sendo direcionados para uma unidade, mas que essa equipe não está conseguindo gerar bons números de conversão, ela pode sugerir, então, treinamentos para capacitar os funcionários.

O contrário também pode acontecer. A matriz pode analisar os dados e ver que uma determinada unidade não está sendo tão procurada. Assim, ela pode focar seus esforços nas estratégias para ajudar esse parceiro. Essa ação evita a perda do franqueado, uma vez que pode gerar um marketing negativo para a marca.

Em outros casos, a franquia pode escolher por não fazer o marketing para todas as unidades, como é o caso da Sorridents, outro cliente da Reach. A empresa prefere que cada unidade faça sua campanha e defina a verba, mas exige que elas tenham uma Landing Page padronizada.

Com tecnologia exclusiva da Reach, conseguimos otimizar as campanhas, direcionando verba para as ações que estão performando melhor. Isso nos permite trabalhar com franquias de centenas ou até milhares de unidades. Uma simples agência de marketing não conseguiria fazer isso, uma vez que, de forma manual, esse trabalho dependeria de uma equipe bem volumosa, gerando um alto custo para o cliente.

Quais são os benefícios de ter uma comunicação integrada para franquias?

Um desafio enfrentado pelas franquias é justamente a comunicação. Devido à diversos fatores, tais como distância geográfica, horários de disponibilidade e muitas vezes até localização em diferentes fusos horários, o contato entre os franqueados e a matriz é prejudicado.

Pensando nisso, desenvolvemos a plataforma Reach+, que otimiza a experiência de administração e proporciona integração na comunicação para toda a rede. A solução é desenvolvida de forma personalizada e singular para cada um dos nossos clientes, de maneira a atender às suas necessidades especificamente.

Em um único painel, é possível para a matriz administrar cada um dos franqueados, distribuir investimentos, fazer o gerenciamento de todas as campanhas da marca, eliminar as falhas de comunicação e padronizar a marca com facilidade, tanto em sua comunicação visual quanto no atendimento ao cliente.

O franqueado, por sua vez, consegue fazer a solicitação de campanhas digitais na adstore, acompanhar pagamentos e o setup das campanhas, monitorar as ligações telefônicas, adicionar componentes tecnológicos para sua unidade e acompanhar relatórios de performance em um dashboard personalizado.

Para saber mais, clique aqui e fale conosco!

Dentre os inúmeros motivos que levam  um consumidora tomar uma decisão de compra, nenhum deles é mais importante do que opiniões de outros clientes. Sempre há preocupação acerca da confiança ao adquirir um produto ou serviço, pois as pessoas temem investir seu  dinheiro em algo que não faça jus ao seu valor.

O consumidor quer saber a opinião de outros consumidores

Com cerca de 3.8 bilhões de pessoas no mundo conectadas à internet, consultar a opinião daqueles  que já tiveram a experiência que você planeja ter é prático e primordial.

Quando deseja adquirir um produto ou serviço, as opiniões, comentários e avaliações que o consumidor lê no ambiente online têm grande influência na decisão de compra. De acordo com a Bright Local, cerca de 93% dos consumidores são influenciados por reviews. Portanto, não ache que seu compromisso para com seu cliente acaba quando ele leva o produto para casa, pois ainda existe uma etapa que influencia no crescimento do seu negócio: a satisfação. Um cliente satisfeito pode ser um estimulante para suas vendas, assim como um cliente insatisfeito pode ser fatal.

As redes sociais como forma de troca de experiências

Para acompanhar o que as pessoas falam do seu produto e avaliar o que pode ser incrementado e o que é necessário melhorar, as mídias sociais são ferramentas indispensáveis. Nelas, as pessoas conversam, trocando informações com outras pessoas a respeito de experiências de consumo, o que influencia diretamente na confiança que ela sente em relação àquilo que desejam. Segundo pesquisa realizada pela FORBES, 81% das pessoas baseiam suas decisões de compra a partir da opinião de amigos ou familiares.

O costume de procurar recomendações é anterior às redes sociais, mas com elas é possível monitorar o que as pessoas estão falando sobre aquilo que você vende. Os comentários nas redes são fatores impactantes para a reputação de uma empresa. É necessário se preocupar com o que o cliente fala da sua empresa mesmo depois de já realizada a compra, pois ele pode influenciar futuras compras ou desistências de outros clientes. As palavras têm poder e o cliente sabe disso. Ele não vai hesitar em reclamar de algo que o incomodou ao longo da jornada com a marca, assim como vai elogiar quando ficar satisfeito. A única forma que a empresa tem de influenciar essa opinião é oferecendo a melhor experiência possível para o consumidor.

A reputação de uma empresa nas pontas dos dedos do consumidor

Uma forma que algumas mídias encontraram de mensurar a satisfação do cliente a marca é fornecer a possibilidade de avaliá-la, como é o caso do Facebook e do Google My Business.

O Facebook como ferramenta para disseminar opinião de forma espontânea

A maior rede social do mundo é um instrumento importante para empresas que desejam rastrear a opinião do consumidor. Além dos comentários em posts da marca, o consumidor também expõe a sua opinião em grupos específicos sobre o segmento (e pode acreditar, tem grupo para TUDO!) e ainda tem a opção de avaliar diretamente a página da empresa em 1 a 5 estrelas, de acordo com seus próprios critérios.

O Google Meu Negócio como ferramenta para descobrir o que os clientes acham de empresas locais

O Google Meu Negócio é uma importante ferramenta para negócios regionais. Nele, o cliente encontra a empresa em um momento de necessidade pelo serviço que ela oferece, tendo uma possibilidade de conversão muito maior.  Nem é preciso dizer o quanto os comentários e avaliações presentes no Google Meu Negócio são importantes. Um estudo da Local Consumer Review Survey mostra que 97% dos consumidores leem avaliações online de empresas locais.

A Reach fornece a solução que possibilita o acompanhamento de comentários e avaliações do perfil no Google My Business de diversas lojas, mas em um só lugar. Isso simplifica o gerenciamento de quem possui mais de uma unidade de uma empresa.

O cliente forma sua rópria opinião, mas a avaliação online deve ser conquistada

É necessário conquistar essas avaliações nas páginas, e nem é preciso dizer que avaliações negativas são mais espontâneas que as positivas. Um cliente insatisfeito, inflamado pelo descontentamento que passou com uma marca e buscando atingi-la de alguma forma, vai diretamente avaliar negativamente ela em sua página oficial.

Uma dica que damos é sempre incentivar os consumidores a deixar uma avaliação na sua página, seja oferecendo descontos ou vantagens para aqueles que o fizerem ou mesmo pedindo diretamente. Dessa forma, se a sua empresa está fazendo um bom trabalho com o cliente, você terá uma avaliação positiva em sua página. Mas, caso a nota da sua empresa seja baixa, você perceberá que há algo errado que precisa ser corrigido e identificará o que é de forma mais direta e objetiva.

E você, quer saber como criamos soluções digitais com criatividade e tecnologia para seu negócio? Clique aqui, entre em contato conosco e saiba mais sobre nossos produtos e serviços!

Se você ainda duvida da importância dos dentistas para o brasileiro, alguns dados farão você morder a língua: pesquisa do Conselho Federal de Odontologia (CFO) afirma que em cada 10 pessoas no Brasil, 9 acreditam que é muito importante ir ao dentista com regularidade.

E tem mais: o mercado odontológico é um dos que mais crescem no país. No início de 2019, o faturamento retroativo de 12 meses foi de mais de R$ 38 bilhões. Um dinheiro capaz de estampar o sorriso em qualquer profissional do setor. A procura cada vez maior por uma clínica odontológica se deve a soma de dois fatores: a preocupação com a saúde bucal e as buscas por novos tratamentos estéticos.

Clínicas odontológicas também precisam se preocupar com marketing digital

O Brasil é o terceiro maior mercado de saúde bucal do mundo, atrás apenas de gigantes como China e Estados Unidos. Mas como em todo mercado, há também obstáculos a serem superados. A concorrência é alta e, além de capacitação profissional e atualização com novas tecnologias, as clínicas odontológicas também precisam saber como fazer um bom trabalho de marketing.

Os dentistas são profissionais liberais que precisam pensar e agir como empresas para conquistar a clientela. No cenário competitivo em que vivemos não basta apenas ter grande capacidade técnica, também é preciso mostrá-la da forma mais rápida e eficiente possível.

Detalhes que fazem a diferença: o consumidor vai buscar o seu serviço na internet

Se você tem alguma dúvida por onde começar sua estratégia de marketing para sua clínica odontológica, aí vai mais um número: segundo estudo divulgado pelo Google em 2019, o Brasil é o país onde mais crescem as buscas de saúde naquela plataforma.

Muitas vezes o primeiro contato de quem busca uma solução para um problema dental é pela Internet. Então, é indispensável que as clínicas odontológicas e os profissionais da área saibam que podem contar com ferramentas importantes para se sobressair no meio digital. Muitas vezes um simples detalhe pode fazer a diferença para que um paciente entre em contato com sua clínica.

A Reach possui várias opções para que a experiência com o dentista seja a melhor possível, até mesmo para aqueles que sofrem só de pensar no barulhinho da broca odontológica.

Se você não sabe por onde começar, um cartão de visitas digital é o primeiro passo para que as pessoas possam ter acesso às suas credenciais profissionais, seu número de registro, formação e contatos. Entre muitas vantagens, essa é uma ótima forma de divulgação para o público mais próximo: familiares, amigos e grupos de WhatsApp. Sem falar que esse pode ser um importante meio de divulgação para aquela que continua sendo uma das mais eficazes propagandas e, com o perdão do trocadilho, é também fundamental para os dentistas: o boca a boca.

Desenvolva um relacionamento com seus pacientes e eles voltarão

Outra possibilidade a ser levada em conta é oferecer conteúdos nas redes sociais. Essa é uma ótima forma de trazer credibilidade e impactar novos clientes. Ou seja, há um imenso mercado a ser explorado e que é formado por assíduos frequentadores das plataformas digitais.

Instagram e Facebook podem ser excelentes canais para se estabelecer o primeiro contato com um novo paciente. Mais do que isso, é uma maneira de criar um relacionamento duradouro capaz de superar outro dos problemas que o mercado odontológico enfrenta: 25% dos brasileiros inicia, mas não segue em frente com seu tratamento dentário.

E você, quer saber como criamos soluções digitais com criatividade e tecnologia para seu negócio? Clique aqui, entre em contato conosco e saiba mais sobre nossos produtos e serviços!

Estrutura, responsividade e eficiência. Esses três fatores são primordiais quando o assunto é a elaboração do website de uma empresa, independente se a finalidade da página é informar, produzir conteúdo ou comercializar produtos na rede.

Velocidade é primordial!

O Google já anunciou que em breve vai adicionar um recurso ao Google Chrome que alerta o usuário quando um site possui histórico de carregamento lento. Investir em um servidor de qualidade para sua página, com rápido carregamento e livre de falhas, é essencial para atrair maior tráfego à sua página.

O usuário de internet é cada vez mais impaciente, e sites com que demoram para carregar tiram o foco e causam súbito desinteresse pelo que buscava ali. Ele quer tudo agora, em uma velocidade quase que imperceptível. Segundo pesquisa realizada pela Aberdeen Group, 1 em cada 4 pessoas abandonam o site em até 4 segundos de carregamento. Além disso, o atraso de um segundo reduz a taxa de conversão da página em até 7%.

O caso da campanha eleitoral de Barack Obama.

No que diz respeito aos negócios financeiros, a velocidade e carregamento é ainda mais importante. Afinal, tempo é dinheiro. Como exemplo de como a velocidade influencia diretamente no rendimento de um negócio, podemos citar a campanha de arrecadação de fundos do ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, nas Eleições de 2011.

O site Obama for America reduziu 3 segundos de carregamento de suas páginas e isso resultou em um aumento de 14% na conversão de doações. Esse número teve um impacto de US$34 milhões a mais arrecadados. Se em uma campanha de arrecadação de fundos a redução do tempo de carregamento foi capaz de aumentar a receita significativamente, para o varejo eletrônico esse fator é ainda mais importante.

Mais eficiência, mais consumidores, mais conversões!

A experiência do consumidor começa já quando ele busca o conteúdo. Para ter um bom posicionamento nas ferramentas de busca, é necessário que o site possua um alto desempenho, e isso inclui ser responsivo, informativo e, claro, carregar rapidamente.

Depois disso, o seu cliente também faz sua própria avaliação da experiência no site. 46% dos usuários não voltam a visitar websites com baixo desempenho. Enquanto isso, segundo pesquisa da Forrester, 88% dos usuários escolhem sites que ofereçam uma experiência de desempenho satisfatório.

Por isso, é necessário ser criterioso ao escolher o servidor de hospedagem da sua página. Com um site rápido, seguro e bem estruturado, você conquista o cliente e um bom posicionamento nas ferramentas de pesquisa.

Responsividade para diversos dispositivos e informações bem distribuídas fazem a diferença!

Velocidade é importante mas não é o único fator importante para classificar o desempenho do seu site. Para proporcionar a melhor experiência de navegação ao consumidor e satisfazer aos critérios do Google, a distribuição de informações deve ser bem estruturada, oferecendo os produtos e serviços no tempo certo.

O desempenho e a responsividade são os principais fatores de conversão. Hoje em dia é inviável que seu website não tenha uma adaptação eficiente para dispositivos mobile. Afinal, segundo pesquisa da Search Engine Watch, 60% dos usuários usam exclusivamente dispositivos móveis para tomar decisões rápidas de compra online.

Um exemplo interessante de website estruturado de forma responsável é o do auto center TK Pneus, um revendedor oficial dos produtos Bridgestone. O site distribui informações de forma estratégica, possui ferramentas para facilitar a navegação e entrega de informações para seu cliente, carrega instantaneamente e ainda é responsivo tanto para desktop, quanto para mobile.

Que tal fazer também um site assim para sua empresa?

E você, quer saber como criamos soluções digitais com criatividade e tecnologia para seu negócio? Clique aqui, entre em contato conosco e saiba mais sobre nossos produtos e serviços!

O Brasil é um mercado gigantesco para quem vende pneus. Todo ano, mais de 70 milhões de unidades são vendidas por aqui e, como qualquer produto, os pneus também seguiram a rota da presença online para aumentar as vendas. Algumas lojas já possuem cerca de 25% dos seus negócios iniciados pela Internet.

O que o consumidor deseja? Metade do preço e o dobro da confiança.

Não é segredo que uma das vantagens de buscar um produto pela Internet é comparar os preços. No mercado de pneus, que pode incluir opções de novos e seminovos, a sensação de diferença nos preços para o consumidor pode ser ainda maior. Por isso, é preciso ter cuidado.

Seja qual for o produto que você pretende anunciar pela Internet, há um elemento que nunca pode faltar: a confiança. Quando se trata de pneus, um item básico de segurança, a confiabilidade que o produto e a empresa transmitem precisa ser ainda maior. Então, não poupe o cliente de informações e detalhes que podem fazer a diferença em uma compra. Não só para que ele entenda as diferenças de preços e opções, mas especialmente porque muitos já tiveram alguma experiência ruim ao precisar trocar alguma peça do seu automóvel e não pretendem passar por isso novamente.

Se o cliente, por algum instante, achar que terá algum problema no futuro, as chances de ele sair pelo acostamento e desistir da sua loja são grandes. Afinal, ninguém quer colocar a segurança em risco por conta de uma escorregada do vendedor.

Ofereça tudo que o motorista gostaria de ter quando dirige.

O ambiente digital não pode ter obstáculos, má sinalização e muito menos pista escorregadia. Não se pode deixar dúvidas em quem passa por lá. Atualmente, são muitos os modelos, marcas e opções para se adquirir um pneu e oferecer todas essas informações de forma consistente, transparente e didática é como uma estrada bem sinalizada em que o motorista sabe logo de cara onde vai chegar.

Com a Reach, sua loja de pneus pode explorar todas as possibilidades dos sites que possuem conteúdo dinâmico. Neles, as informações podem mudar sempre que uma nova oferta ou novo modelo estiverem à disposição do cliente. Não importa se é pneu para carro ou moto, o consumidor só quer saber de chegar bem ao seu destino. Uma página ágil também pode ser um diferencial na hora de trabalhar suas promoções para uma data festiva, como a Black Friday, ou os períodos de férias, quando muita gente decide trocar seus itens de segurança para viajar com tranquilidade.

Para dar legitimidade ao seu website, especifique cada modelo de pneu com uma breve descrição, suas vantagens, modelos de automóveis em que é possível usá-lo e insira um Call to Action com formulário convidando o cliente em potencial a entrar em contato com um dos consultores de sua loja para solicitar um orçamento e sanar as demais dúvidas que ele possa ter. Assim você mostra a disponibilidade para o fornecimento de informações adicionais, passando a confiança e a segurança que o seu cliente busca.

Não existe atalho. O caminho é levar conforto e eficiência.

Há também um outro item que nenhum motorista despreza: o conforto. Saber rapidamente qual a loja mais perto da sua casa é um diferencial importante na decisão de compra. Mas não se esqueça de que para chegar primeiro ao seu estabelecimento, existe um caminho que todo consumidor faz: o Google. E se você não tiver um trabalho bem feito para o mecanismo de busca, a chance de sua loja ficar para trás é grande. Atualmente, uma das estratégias para melhorar o SEO, aquele conjunto de regras que ajuda a listar sua empresa no topo dos resultados das buscas, é o Google Meu Negócio.

O Google tem feito muitos investimentos nessa plataforma, desenvolvendo novas funcionalidades e possibilidades de interação com o consumidor. Neil Patel, um dos grandes especialistas de marketing digital e empreendedorismo do mundo, já apontou em um de seus artigos que investir em conteúdo no Google Meu Negócio é uma excelente maneira de ganhar visibilidade no principal mecanismo de busca da Internet.

É por isso que Reach oferece uma solução para gerenciar todo o seu conteúdo no Google Meu Negócio, com a capacidade de levar para o usuário tudo o que ele precisa na hora de decidir onde vai comprar seu próximo jogo de pneus: confiabilidade, segurança e conforto. Se você possui várias lojas, então o uso dessa ferramenta é indispensável.

E você, quer saber como criamos soluções digitais com criatividade e tecnologia para seu negócio? Clique aqui, entre em contato conosco e saiba mais sobre nossos produtos e serviços!

Mesmo com a crise da economia brasileira que patina nos últimos anos, as vendas do varejo alimentar e do segmento de alimentação fora do lar cresceram 4,3% em 2018, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA). Apesar das dificuldades econômicas, comida sempre será um item básico. Somando-se esse fator à praticidade de comer fora, é de se esperar que restaurantes, padarias e outros estabelecimentos do setor de alimentos sigam com oportunidades promissoras para os próximos anos.

A receita é inovação

No entanto, em um mercado que não para de mudar, há um ingrediente que nenhum empresário do setor alimentício pode deixar de lado na hora de preparar suas receitas de sucesso para os negócios: a inovação. Em um mundo dominado pela tecnologia e velocidade de informações, o consumidor se transforma a cada dia. O número de opções aumenta como nunca e quem procura por uma boa refeição ficou mais exigente. Se há uma coisa que o consumidor se importa cada vez mais é com o que vai comer.

Se antes bastava apenas uma comida saborosa, um estabelecimento limpo e atendimento bacana, agora quem é dono de um empreendimento de alimentação precisa ter preocupações extras para agradar a freguesia. A primeira delas é com a saúde. Comer bem agora também é sinônimo de como se alimentar de maneira saudável, sustentável e responsável. Por isso, muitos querem saber como os produtos são preparados e qual a origem dos ingredientes. O setor de alimentos orgânicos, por exemplo, já cresce uma média de 20% ao ano.

 

Para se dar bem é preciso oferecer mais do que um bom cardápio

Por isso, mais do que oferecer um cardápio online para quem busca o primeiro contato com seu estabelecimento, é necessário trazer informação para o cliente. O atendimento ao público não começa apenas quando o cliente senta à mesa do restaurante, mas no momento em que ele faz sua primeira visita ao site do estabelecimento.

Uma das soluções que a Reach desenvolveu para melhorar o atendimento e estabelecer o primeiro contato de confiança com o consumidor são os chatbots que proporcionam um atendimento automatizado capaz de sanar as principais dúvidas de quem ainda não conhece seu produto. Onde vivem? Do que se alimentam? Essas perguntas agora também valem para o hambúrguer, o pão ou o queijo que você vende e podem ser facilmente respondidas como forma de criar o primeiro laço de confiança com o consumidor.

Saiba mais sobre o Assistente Virtual da Reach clicando aqui.

 

A gente não quer só comida, quer interatividade também

Outra característica desse consumidor de alimentos 2.0 é a mobilidade e a facilidade de encontrar uma opção que se adeque às suas exigências. Por isso, além de apostar na tendência de entregas, as empresas do setor de alimentos precisam informar seu cliente com rapidez e praticidade onde mais ele pode provar aquela refeição. Para empresas que possuem mais de uma loja, é fundamental informar esse novo tipo de cliente quais são as outras opções para que ele possa repetir o prato quando estiver em outro local.

Uma das inovações que a Reach apresentou para seus clientes com objetivo de facilitar esse relacionamento foi a criação de mapas interativos, que permitem direcionar o consumidor para a loja mais próxima sempre que ele sentir aquela vontade de matar a fome com a comida e com o conceito transformador, que só a sua empresa é capaz de oferecer. Mais do que uma ferramenta, é uma forma eficiente de criar um relacionamento mais forte e confiável.

Quer saber como criamos soluções digitais com criatividade e tecnologia para seu negócio? Clique aqui, entre em contato conosco e saiba mais sobre nossos produtos e serviços!

Como as faculdades podem falar a língua da geração Z

É evidente que a Internet transformou o comportamento dos consumidores. Mas enquanto muitos  precisam se acostumar a novas formas de se comunicar ou criam hábitos que sequer poderiam imaginar anos atrás, há um público que não mudou, simplesmente porque ele já nasceu digital: a geração Z.

Para entender a Geração Z

Geração Z é o nome dado aos nativos digitais, os jovens que nasceram depois da década de 1990. Não é preciso ser professor de matemática para perceber que, neste momento, milhões de integrantes dessa turma estão em busca de uma faculdade. Para eles, procurar uma informação é uma tarefa tão simples que eles provavelmente já sabem que um curso superior oferece mais chances de conseguir um emprego e construir uma carreira no futuro.

No Brasil, a busca por um curso superior aumenta a cada ano. Segundo estudo da OCDE, nos últimos dez anos os brasileiros com um diploma de faculdade entre 25 e 34 anos aumentou de 11% para 21%. Mas, se levarmos em conta países mais desenvolvidos, essa média vai para 44% (duas vezes mais!). Ou seja, educação superior ainda é um mercado com um imenso potencial de crescimento no país.

A geração Z possui um jeito próprio de fazer suas escolhas e, se o seu negócio é educação, é importante estar preparado para oferecer soluções adequadas. Não há dúvida que os primeiros que entendem o comportamento desses jovens e entregam aquilo que eles procuram de um jeito compatível com seus desejos saem na frente da concorrência.

As faculdades precisam falar com a Geração Z

Uma primeira dica, que pode parecer óbvia, mas nem por isso deve ser ignorada: tenha em mente que um jovem, assim como quase todo mundo hoje em dia, tem como companheiro inseparável o celular. Mais do que isso, um típico representante da geração Z é multicanal. Eles conseguem usar TV, celular, computador, tudo ao mesmo tempo e, claro, querem encontrar o que buscam da forma mais rápida e personalizada possível.

É principalmente para um público ávido por rapidez que a Reach desenvolveu dois de seus principais produtos: sites que carregam rápido no celular e os aplicativos que podem ser acessados como um site, sem a necessidade de baixar na AppStore ou na Playstore. Você sabia que, se seu site demora pouco mais de 6 ou 7 segundos para carregar, o Google pode colocá-lo atrás no ranqueamento? Agora, imagine quanto tempo leva para um jovem de 17 anos desistir de uma faculdade porque a página não abre logo após o clique?

Como entregar a informação certa, no lugar certo, para a pessoa certa!

Outro componente importante é a personalização do conteúdo que você vai oferecer. Um jovem da geração Z foi criado à base de algoritmos. Ele já está acostumado a abrir o YouTube e encontrar os vídeos que vai gostar e entrar na Netflix para ver as séries produzidas para o gosto dele. Então, se no primeiro acesso a um conteúdo ele se sentir identificado, a probabilidade de continuar por ali e se engajar ainda mais com aquela marca aumenta muito.

Um exemplo é utilizar as redes sociais como forma de segmentação. Quando se fala de faculdade, pesquisas indicam que as mulheres tendem a procurar mais cursos voltados para educação, ciências sociais e comunicação: 25% delas desejam se graduar em alguma área voltada para educação. Por outro lado, um quinto dos homens em busca de um diploma normalmente demonstra mais interesse em formações como engenharia, produção e construção. Por isso, você pode utilizar o serviço de conteúdos para blogs e redes sociais da Reach para oferecer a informação personalizada que impactará de maneira mais efetiva o estudante.