Como saber se é o momento para investir em anúncios online?

Atualmente, as empresas ganharam diversas opções para aumentar o alcance de suas ações e elevar o conhecimento de sua marca, conquistando bons números nas vendas. Com o marketing digital, por exemplo, estratégias com o anúncio online se tornaram fundamentais em qualquer tipo de negócio, seja para uma empresa de pequeno, médio ou grande porte.

Para isso, é necessário estar sempre atento às tendências de marketing digital e uma das principais é a campanha de anúncios online. Esses anúncios podem transformar a empresa, atraindo novos consumidores de qualquer parte do mundo, com uma boa entrega de resultados e controle do investimento.

Então, para te ajudar a entender melhor essa ação e saber se está na hora de você investir nos anúncios, criamos este guia. Nele, abordaremos os seguintes tópicos:

  • como funcionam os anúncios online;
  • como saber se é a hora certa para investir;
  • qual é a diferença entre o tráfego orgânico e o pago;
  • quais são os benefícios em investir em anúncios;
  • como anunciar nas redes sociais;
  • como anunciar no Google Adwords;
  • como mensurar resultados; e
  • como ter os melhores resultados com anúncios online.

E, então, preparado para nos acompanhar nessa jornada de conhecimento? Venha com a gente!

Como funcionam os anúncios online?

A forma de fazer publicidade vem mudando em um ritmo bastante acelerado. Aquelas campanhas de divulgação tradicionais — como outdoors, distribuição de panfletos, publicações em jornais e revistas, propagandas na televisão e rádio — já não têm a mesma força. Essas ações ainda são utilizadas e podem continuar sendo empregadas, mas é preciso enxergar o mundo digital.

Com o crescente avanço do acesso à internet e as compras cada vez mais concentradas nesse universo, criar anúncios online se tornou praticamente obrigatório para as marcas que desejam ter sucesso e aumentar as vendas.

Existem diversos tipos de estruturas de anúncios à escolha. Você pode criar anúncios na rede de pesquisa, que é quando um usuário faz uma busca por um termo na internet e são mostradas páginas relevantes sobre o assunto. Também há a rede de display, que são banners estrategicamente posicionados em páginas que abordam temas relacionados.

Além disso, os anúncios também podem ser criados dentro das redes sociais, que se transformaram em excelentes ferramentas para as empresas. Elas têm um ótimo engajamento do público e, por isso, as campanhas conseguem resultados incríveis. Nos próximos tópicos, mostraremos como criar os anúncios em cada plataforma.

Como saber se é a hora certa para investir?

Muitos empreendedores têm dúvidas em saber qual é o momento certo para investir em estratégias de links patrocinados. Vamos lhe explicar agora!

Pense no Google. Esse é o maior buscador utilizado na internet. Muitos consumidores usam esse canal para buscar informações de marcas, comparar produtos, encontrar opiniões de outros usuários e, claro, analisar opções para as compras.

Com isso, posicionar suas páginas entre as primeiras opções das pesquisas é uma grande ideia. Para isso, há duas formas de chegar lá: aplicando técnicas de otimização para a busca orgânica ou investindo em campanhas de anúncios online.

A primeira — também conhecida como trabalho de SEO (Search Engine Optimization) — consiste em otimizar vários elementos dentro das suas páginas, deixando-as com uma melhor encontrabilidade pelo mecanismo de busca e oferecendo uma melhor experiência aos usuários. Entre essas técnicas, podemos citar:

  • utilização de links internos e externos;
  • adequação das páginas para utilização em dispositivos móveis;
  • otimização das imagens;
  • estruturação dos textos;
  • utilização correta das palavras-chave;
  • criação estratégica do endereço eletrônico, entre outras.

Essas ações são muito importantes e devem ser tomadas por todas as empresas. Quando os resultados aparecem, ou seja, quando suas páginas são posicionadas entre as primeiras opções da busca orgânica (não paga), o fluxo de visitantes aumenta bastante e a possibilidade de vendas também.

Porém, devemos salientar que esse trabalho não consegue apresentar os efeitos em curto período de tempo. Apesar de grandiosos e duradouros, os resultados são vistos em médio e longo prazo.

Então, os anúncios online entram justamente nessa lacuna. Assim que uma campanha é iniciada, o seu site já pode ser colocado em destaque, ou seja, os objetivos são alcançados em curto prazo, levando mais potenciais consumidores para o seu site.

Por isso, se você quer saber qual é o momento certo para começar a investir em uma campanha de anúncios online, a resposta é: agora! Não perca mais tempo e não deixe que a sua concorrência tome essa estratégia antes de você.

Qual é a diferença entre o tráfego orgânico e o pago?

No tópico anterior, mostramos as duas possibilidades de alcançar destaque na internet, com a otimização das páginas para a busca orgânica e o investimento em anúncios. Mas, afinal, há diferenças entre o tráfego gerado em cada uma dessas alternativas? É o que veremos agora!

Para que você não tenha dúvida, o tráfego orgânico é aquele gerado por pesquisas na internet com resultados fora dos anúncios, seja na rede orgânica, seja por meio do direcionamento de outras páginas. O tráfego pago é advindo dos anúncios criados nas diferentes plataformas (Google Adwords, Facebook Ads, LinkedIn Ads, Instagram Ads e outros).

Então, depois disso, a primeira coisa que você deve saber é que um tipo de tráfego não é melhor do que o outro! O ideal é que eles sejam complementares. Quando você impulsiona uma campanha na internet, o seu fluxo de pessoas nas páginas do site sofre um pico bastante elevado. Esse pico pode ser visto também nas vendas.

Os acessos são relacionados ao valor investido. Quanto maior for o investimento, maior alcance os seus anúncios terão e, como consequência, maior será o tráfego. Porém, devemos salientar que, uma vez que as campanhas são interrompidas, esse fluxo cai bastante.

Já o tráfego orgânico é diferente. Ele é conquistado. A empresa que investe em marketing de conteúdo — principal forma de gerar um bom posicionamento orgânico, junto à otimização — conquista credibilidade, confiança do público. Ela mostra que reúne todo o conhecimento e ferramentas necessárias para atender às demandas das pessoas.

Os resultados começam devagar e vão conquistando melhores efeitos durante o tempo. A grande vantagem é que, além de não necessitar de investimento direto, os efeitos são duradouros. Mas, então, olhando esses pontos do tráfego orgânico, por que pagar por algo que podemos construir de graça? Para responder a essa questão devemos voltar no que falamos no início desse tópico: os tráfegos orgânico e pago devem ser complementares!

O objetivo de ambas as estratégias é levar potenciais clientes aos domínios da marca, mas a forma com que isso é feita e o tempo de conquista de resultados é diferente. É preciso entender isso para criar as campanhas.

Quais são os benefícios em investir em anúncios?

Você ainda pode ter na cabeça que o tráfego orgânico é mais vantajoso que o pago com o que mostramos no tópico anterior. Mas você não deve pensar assim. Para isso, agora vamos mostrar os benefícios de investir em anúncios. Veja:

Alto poder de segmentação do público

Uma das grandes vantagens em trabalhar com links patrocinados é o poder de segmentação do público-alvo. Quando você vai criar uma campanha, independentemente da plataforma, é necessário escolher as características dos alvos. É possível, por exemplo, criar uma campanha de anúncios online para uma loja física. Basta segmentar o público-alvo para pessoas da região, com as características mais interessantes.

Para as lojas online, que podem vender para qualquer pessoa no mundo, também é preciso definir quem serão os alvos para não gastar dinheiro e tempo com quem não tem interesse ou possibilidade de adquirir suas soluções, concorda? Essas vantagens certamente não são vistas nas formas de marketing tradicionais, como exposição em outdoor ou na rede de televisão.

Elevado alcance das campanhas

Outra vantagem dos anúncios online está no alcance. Estamos falando de levar milhares de pessoas até o seu site, apresentando seus produtos ou serviços. Vamos pensar nos anúncios nas redes sociais. Em 2016, a equipe do Facebook divulgou dados bastante interessantes. Eles disseram que, só no Brasil, 102 milhões de pessoas compartilham suas histórias mensalmente na rede. Já é um dado surpreendente, certo?

Mas e quanto às marcas nessa rede? Aí vemos um resultado ainda mais incrível: 99% das pessoas que acessam a plataforma afirmam que leem as publicações das marcas! Ou seja, o alcance de um anúncio online realmente é muito elevado!

Resultados em curto prazo

Já falamos, mas vale ressaltar que os resultados em investir em links patrocinados são vistos assim que as campanhas se iniciam. As plataformas permitem que, além das características do público, você escolha o objetivo daquela campanha, como aumentar as vendas, gerar tráfego no site ou lançar novos produtos, por exemplo. Esses efeitos realmente são vistos!

Controle total do valor a ser investido

“Mas minha empresa ainda é pequena e não posso investir muito nas campanhas”. Esse pensamento é comum em pequenas e médias empresas. Para organizações desse porte, realmente, os custos de quaisquer estratégias podem pesar na decisão. Porém, outro benefício dos anúncios online é que você escolhe quanto quer e pode investir!

Não há valores fixos ou mínimos. Assim, você cria todo o planejamento financeiro da sua estratégia, com soluções que caibam no seu bolso!

Mensuração do retorno sobre o investimento

Além de definir quanto quer investir, os anúncios patrocinados podem — e devem! — ser controlados bem de perto. Existem indicadores de desempenho focados nisso. Eles demonstram a relação entre o valor investido e o ganho gerado.

ROI (Return On Investment) é o indicador que mostra o total investido em uma estratégia, considerando gastos como salários dos envolvidos, estrutura de trabalho e investimentos nos anúncios, em relação aos ganhos obtidos.

Já o ROAS (Return On Advertising Spend) é similar ao ROI, mas ele só considera o valor investido diretamente nas campanhas publicitárias. Ou seja, gastos internos não são considerados. Ele mostra quanto você investiu no anúncio e quanto teve de retorno.

Como anunciar nas redes sociais?

Muita informação até aqui, não é mesmo? Então, agora que você já sabe muito sobre os anúncios online, como funcionam e os seus benefícios, mostraremos como iniciar as campanhas. Primeiro, falaremos das redes sociais. Acompanhe:

Como anunciar no Facebook

O Facebook é a principal rede social do mundo. Ela tem o número mais elevado de usuários entre as plataformas. As pessoas utilizam a rede para diversas finalidades — compartilhar momentos com os amigos, manter uma rede de comunicação, trocar mensagens, descobrir novidades, ler notícias e, claro, acompanhar as marcas favoritas.

Aliás, engana-se quem acha que as redes sociais servem só como entretenimento. As empresas já enxergaram que a plataforma apresenta uma ótima oportunidade para atrair o público e a tornaram uma geradora de tráfego.

Nesse contexto, o Facebook Ads foi criado para ser o centro de criação dos anúncios dentro da rede. Para criar as campanhas, vamos mostrar o passo a passo, a seguir:

Passo 1

Crie uma página para a empresa com todos os dados pertinentes.

Passo 2

Clique em “criar o anúncio”, na barra à esquerda da plataforma.

Passo 3

Escolha o objetivo da campanha: são mostradas algumas opções para direcionar o seu anúncio, como promover a página, aumentar conversões no site, alcançar pessoas próximas à sua empresa, entre outras.

Passo 4

Defina o seu público-alvo: aqui, você deve especificar as características das pessoas que podem ter o interesse nas soluções apresentadas pela sua empresa. Se você ainda não tem, é indicado criar uma persona, que é a personificação do seu cliente ideal. O Facebook oferece 3 tipos de escolhas para o público.

  • por interesse: você define as características, como idade, gênero, país e cidade, e também páginas que os usuários seguem na rede;
  • público personalizado: normalmente, essa opção é usada para quem quer direcionar um anúncio para pessoas que já são conhecidas (lista de clientes) ou pessoas que visitaram as suas páginas (tráfego no site). Você ainda pode definir o público por atividades em aplicativos da marca (apps);
  • público semelhante: uma vez que você criou uma campanha com o público personalizado, pode usar o público semelhante para buscar aqueles usuários que demonstraram interesse previamente.

Passo 5

Defina seu orçamento: como dissemos, você define o quanto quer gastar na sua campanha. Além do valor, você pode escolher a data de início e fim da estratégia. Para a cobrança, pode escolher pagar por impressões (CPM) ou pagar por cliques (CPC).

CPM é o valor para cada mil vezes que o público visualiza seu anúncio, mesmo que não tenha clicado nele. Na segunda opção, a cobrança só é feita quando o usuário clica no material.

Passo 6

Crie o seu anúncio: agora que já passou pela parte de configuração técnica, deve criar o título, descrição, imagens e uma boa chamada para ação posterior.

Como anunciar no LinkedIn

Assim como o Facebook, o LinkedIn é uma ótima ferramenta para os negócios. Ela é a maior rede social corporativa do mundo, voltada para empresas e profissionais que querem expandir sua rede de contatos, buscar uma vaga no mercado ou acompanhar as tendências. A seguir, veja o passo a passo para criar uma campanha de anúncios online no LinkedIn:

  • crie uma página para a sua empresa na rede social;
  • clique em “criar nova campanha”;
  • escolha o idioma;
  • selecione o tipo de mídia;
  • escreva o seu anúncio: escreva o título, a descrição, pense no objetivo que você deseja alcançar, direcione as palavras para isso e faça uma boa chamada para ação. Se o anúncio for um produto, você pode destacar o preço do item, com o link da sua loja para a compra;
  • segmente o seu público-alvo: você pode definir características como localização, empresas, cargos, escolaridade, habilidades, grupos, faixa etária, entre outras;
  • escolha a forma de pagamento: a cobrança aqui é semelhante ao Facebook Ads, com a escolha entre CPC e CPM;
  • defina os horários: você pode escolher os horários em que seus anúncios ficarão visíveis ao público.

Como anunciar no Google Adwords?

Google Adwords é a plataforma de anúncios do buscador. Existem algumas opções para a sua escolha. Veja:

  • Rede de Pesquisa: são os resultados de buscas no Google e em sites parceiros;
  • Rede de Display: anúncios online criados em sites parceiros, com a exposição em banners;
  • YouTube Ads: os anúncios da plataforma de vídeos também estão inseridos no Adwords;
  • Google Shopping: exposição das informações de produtos, com preço, descrição e loja no resultado das buscas;
  • anúncios para aplicativos: específico para campanhas de apps;
  • remarketing: campanha voltada para usuários que já executaram uma certa ação dentro do seu site, como a adição de produtos ao carrinho de compras.

Portanto, o Adwords é uma plataforma bem completa destinada à criação de anúncios para as empresas. As possibilidades são diversas e os resultados prometem transformar as organizações e elevar bastante as vendas.

Agora, vamos mostrar o passo a passo para iniciar a sua campanha:

  • crie uma conta no Adwords;
  • clique em criar a campanha:
  • escolha o tipo de anúncio: você terá as opções que mostramos anteriormente (rede de pesquisa, rede de display, shopping, vídeo e aplicativos);
  • preencha as metas: independentemente do tipo de anúncio, você terá que preencher as metas, ou seja, as ações que deseja que os usuários tomem;
  • configure a campanha: preencha o nome, locais de segmentação do público, idiomas, lances (há uma opção de “maximizar conversões”, que faz a escolha automática dos valores e te ajuda a obter melhores resultados), orçamento diário, além da data de início e fim da campanha;
  • configure os grupos de anúncios: se você tiver mais de uma campanha com palavras-chave relacionadas, pode agrupá-las para um melhor acompanhamento;
  • crie seu anúncio: defina o endereço eletrônico de destino do usuário, títulos 1 e 2, texto que aparece embaixo do título e descrição do anúncio.

Seguindo esses passos, o seu anúncio está criado! Você pode editá-lo e otimizá-lo sempre que achar necessário.

Como mensurar resultados?

Toda e qualquer ação em marketing digital deve ser sempre acompanhada de perto. Isso garante que você visualize como está o desempenho de seus investimentos e o que fazer para buscar melhores resultados.

Para mensurar seus recursos, é importante definir os KPIs (Key Performance Indicators). Neste artigo já mostramos dois deles: ROI e ROAS. Eles são fundamentais para acompanhar o retorno que seus investimentos estão apresentando.

Porém, eles não são os únicos que devem ser utilizados. Você também deve acompanhar o tráfego no site para ver se os seus anúncios realmente estão gerando um maior fluxo de pessoas e, se for o caso de criar diferentes campanhas simultâneas, verifique a origem do tráfego.

Esses dados podem ser buscados dentro do Google Analytics, nas plataformas de controle das redes sociais ou dentro do seu site. É interessante verificar quais são os melhores plugins para WordPress, se o seu site for criado sob essa plataforma, e como esses recursos podem lhe ajudar a manter o controle dos indicadores. Além das visitas, veja se suas vendas estão sendo influenciadas pelos anúncios.

Como ter os melhores resultados com anúncios online?

Ao longo deste guia, você viu, que os anúncios online são ótimas estratégias para atrair mais visitantes ao seu site e, dessa forma, potencializar as suas vendas. As campanhas podem ser criadas em diferentes plataformas, com objetivos distintos.

Porém, não adianta pensar que basta iniciar um anúncio e seus resultados virão automaticamente. É preciso ter um bom conhecimento das ferramentas e saber exatamente quais das opções são as mais indicadas para a sua empresa e mercado.

Por isso, é crucial contar com a ajuda de uma empresa especializada nesse trabalho. É aí que entram as agências. Elas contam com ótimos profissionais de marketing digital, capacitados para entender a sua necessidade e elaborar um bom plano estratégico. Essas pessoas vivem conectadas com as principais novidades e tendências, sempre buscando agregar mais qualidade às estratégias.

Tendências como a aplicação de vídeos nas campanhas de marketing, chatbots, utilização de Big Data, Internet das Coisas e outras ferramentas que vêm mudando a forma com que as empresas buscam o crescimento sempre estão no radar desses profissionais.

Então, conte com a ajuda de uma agência especializada e crie as melhores campanhas de anúncios online para a sua empresa! Suas vendas podem ser elevadas de forma surpreendente!

Gostou do nosso guia completo sobre as campanhas de anúncios online? Assine a nossa newsletter para receber mais conteúdos como este diretamente no seu e-mail!

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>