Entenda como converter visitantes em leads e conquistar mais clientes

Transforme visitantes

Entenda como transforar visitas em clientes

A geração de leads é uma das etapas mais importantes de um negócio. Seus contatos representam potenciais clientes, que devem ser corretamente trabalhados e nutridos, passando todo o conhecimento necessário e aproximando-os da decisão de compra. Muitas empresas pecam nesse trabalho, durante a fase de captação ou de nutrição, e acabam comprometendo todo o resultado de seus esforços e investimentos. É fundamental saber com converter visitantes em leads!

Por isso, no post de hoje, vamos mostrar quais elementos devem ser trabalhados para que você consiga converter visitantes em leads. Confira!

Como um desconhecido se torna um cliente?

O primeiro passo para conseguir captar e converter seus leads em clientes é entender todo o processo de vendas, e, por isso, como primeira forma de converter visitantes, precisamos pensar no Inbound Marketing.

O Inbound transformou o mercado. Antes dele, o processo de vendas era concentrado no produto. Um vendedor insistente e intrusivo fazia contato direto com o público-alvo da marca apresentando aquele item. Muitas vezes, o contatado nem mesmo tinha o conhecimento a respeito do que tratava o produto ou dos motivos de por que ele deveria possuí-lo. Todo o resultado estava condicionado ao poder de persuasão do vendedor.

Então, o Inbound mudou esse cenário e colocou o foco no cliente. Com a expansão do acesso à internet, ficou muito mais fácil compartilhar experiências e conhecimentos. Os consumidores passaram a buscar dados antes de comprar uma solução, justamente para embasar a sua decisão e torná-la mais certeira.

Nesse contexto, as empresas enxergaram a necessidade de compartilhar as informações, criando uma jornada de compra e nutrindo os seus potenciais clientes com o conhecimento necessário.

Todo cliente deve percorrer essa jornada, que começa com um simples desconhecido. Ele é atraído para o site ou blog com conteúdos relevantes e passa a ser um visitante. Esse visitante encontra diversas opções para preencher seus dados e se cadastrar na empresa — processo de geração de leads. Esses leads serão fomentados com conteúdos relevantes até que estejam preparados para concretizar uma compra, tornando-se clientes.

Acabou? Ainda não. Os clientes devem ter suas expectativas superadas para que sejam promotores da marca.

Observando a jornada, conseguimos perceber que os estágios devem seguir a sequência descrita, pois cada um deles se relaciona a um material adequado. É como um conjunto de engrenagens que faz movimentar todo um sistema. Se uma peça falhar, todo o resultado será comprometido.

Por isso, no próximo tópico, vamos indicar o que fazer para converter os visitantes em leads. Acompanhe!

Como criar uma boa geração de leads?

Crie conteúdos relevantes

No tópico anterior, nós falamos sobre o Inbound Marketing e como ele transformou o mercado na forma de converter visitantes. O coração desse processo é a geração de conteúdo relevante!

Seu público-alvo procura por informações que os ajudem a entender suas necessidades, identificar as oportunidades, avaliar as melhores soluções e escolher as ofertas que mais os satisfazem. Então, se eles estão nessa busca, a empresa que conseguir oferecer todas essas informações de forma clara e objetiva sairá na frente e poderá conquistar a preferência no momento da compra.

Explore cada tipo de conteúdo

Para uma boa geração de leads, você deve criar e divulgar conteúdos de qualidade. Mas existem vários tipos de conteúdo, e cada um deles possui características e oportunidades diferentes. Você pode criar artigos como este que está lendo, e-books completos e infográficos com dados interessantes sobre o seu mercado ou sobre um tema específico.

O blogpost, por exemplo, pode ser utilizado para atrair um desconhecido até o seu site. Você pode escrever um artigo que desperte a curiosidade do leitor e que faça com que ele se interesse por mais informações.

O e-book já é um guia, um material mais completo e elaborado. É uma excelente ferramenta para transformar os visitantes em leads. Você pode, por exemplo, condicionar a leitura do e-book ao preenchimento de um cadastro, com nome e e-mail. Assim, aquele contato passa a entrar na sua lista de potenciais clientes.

Já o infográfico é muito interessante para transmitir dados sobre um determinado assunto. É uma comunicação mais objetiva e direta. Você pode divulgar números e resultados de pesquisas, atraindo a curiosidade do leitor e criando uma boa nutrição dos leads.

Elabore CTAs chamativos

O CTA — Call To Action — é a chamada para ação. Ao final de um conteúdo, seja ele um blogpost, e-book, infográfico ou qualquer outro, indique para o seu leitor o que ele deve fazer.

O CTA vai depender do objetivo de cada conteúdo. Se você deseja que o seu leitor curta as suas páginas nas redes sociais, por exemplo, indique isso. Já se o objetivo é o compartilhamento, mostre esse caminho. Outra possibilidade interessante é indicar outro material, para que o lead continue o seu aprendizado.

Agora, se você acredita que aquele contato já está pronto para baixar um e-book e ter acesso a um conteúdo mais específico, leve-o até uma landing page, peça seus dados de contato e disponibilize o conteúdo. Falaremos das landing pages a seguir.

Construa landing pages eficazes

A landing page tem papel fundamental na geração de leads na hora de converter visitantes. Ela representa o local onde o visitante será, efetivamente, transformado em lead. Infelizmente, muitas empresas pecam nesse ponto. Elas criam o conteúdo relevante, disponibilizam-no em grandes canais de comunicação, mas não se atentam para a obtenção dos dados de contato. Então, como nutrir um lead e depois convertê-lo em cliente se você não sabe quem ele é?

Para criar landing pages eficazes, você deve manter todo o foco do seu leitor em preencher os campos de cadastro. Crie um ambiente limpo, atrativo. Retire os menus e as outras opções do seu site. Feito isso, peça somente os dados realmente necessários, aqueles que você precisa para entrar em contato. Se você acha que somente o nome e o e-mail são suficientes, concentre-se nisso.

Um ponto que deve ser observado é que o preenchimento de um formulário deve ser uma troca entre o visitante e a empresa. Ao pedir que ele forneça seus dados, dê algo em troca. Por exemplo: “complete o cadastro para baixar nosso e-book”. Certifique-se de que, depois do cadastro, o lead receba aquilo que foi prometido!

Então, vamos converter visitantes em leads?

A geração de leads é um processo extremamente importante para o sucesso do seu negócio. Os leads são os potenciais clientes da sua marca, que devem ser nutridos com conteúdos relevantes, a fim de percorrer toda a jornada de compra e se tornar clientes, ou até mesmo promotores da marca.

Crie conteúdos relevantes, que ajudem seu público a tirar as dúvidas e embasar suas decisões. Explore cada tipo de conteúdo. Um blogpost, um e-book ou um infográfico, cada um deles representa um potencial para gerar e nutrir seus potenciais clientes. Elabore CTAs chamativos, indicando a ação que seu leitor deve tomar, e crie uma boa landing page, obtendo os dados necessários dos seus visitantes.

Seguindo essas dicas que fornecemos, você conseguirá converter seus visitantes em leads e manter todo o seu processo de vendas bem encaminhado.

Gostou do nosso conteúdo sobre a geração de leads? Então siga nossas redes sociais para ficar sempre por dentro das novidades. Estamos no Facebook, no Twitter, no Instagram, no LinkedIn e no YouTube.

Você Também Vai Gostar