Links patrocinados: entenda os riscos de uma campanha mal configurada

Por mais que o marketing seja um assunto acessível para várias pessoas, ainda é comum encontrar vários erros em links patrocinados, ressaltando a importância de configurar bem a sua campanha.

Além de ampliar a visibilidade da sua marca, os links patrocinados são importantes para garantir um bom impulso inicial de maneira estratégica, segmentando o alcance do seu negócio e influenciando nos resultados.

Quer saber como melhorar a performance dos links da sua empresa? Então continue a leitura com a gente!

1. Demora no tempo de retorno

Diferente da estratégia apenas baseada em SEO, os links patrocinados são uma maneira de impulsionar uma página em um período menor de tempo. Ou seja, o site fica em um espaço de anúncios reservado nas primeiras páginas do Google.

O ideal é que campanhas assim sejam dimensionadas de curto a médio prazo, isto é, tendo em mente páginas iniciais ou que ainda estão se estabelecendo na web. Assim, essa estratégia complementa o marketing de conteúdo de maneira que o ROI apareça mais rápido.

Uma estratégia disfuncional, nesse caso, pode fazer com que os esforços demorem mais para gerar frutos. Dessa maneira, uma das principais vantagens dos links patrocinados acaba não se concretizando.

2. Redução da captura de leads

Quando uma página é produzida e hospedada na web, a ideia é que seu público entre em contato com materiais da sua empresa, como um blog post ou uma página de produtos, por exemplo.

Nesse momento, os seus visitantes entram no funil de vendas, podendo consumir conteúdos do topo, meio e fundo. Desse modo, a complexidade e a densidade dos materiais acompanham a conversão em cada etapa.

Assim que o visitante insere informações em uma página de captura, passa a ser considerado um inscrito. O lead é um inscrito que demonstra interesse no seu produto.

Uma campanha mal configurada pode interferir em todo esse processo, já que para a estratégia funcionar é preciso que os materiais da empresa tenham um bom volume de acessos: o aumento do número de leads está relacionado ao aumento do número de visitantes.

3. Falta de conversões

Não é só a conversão de leads que pode ser afetada com uma campanha mal configurada: as conversões nas outras etapas do funil também podem. Afinal, todo o processo começa pelo topo.

Sabe quando você busca um produto no Google e todo o caminho até a decisão de compra é natural e intuitivo? Isso é o que queremos provocar aqui. Além de garantir que os links certos sejam exibidos para o seu nicho, procure reduzir ao máximo os gaps entre cada uma das etapas.

Nessa parte, o CRO pode ser importante. Trata-se de uma sigla para otimização de taxa de conversão, e diz respeito a como manipular e dispor elementos na sua página de maneira a ampliar o número de leads e de clientes.

4. Aumento nos gastos

Lembra de quando falamos que uma campanha mal configurada faz com que o retorno seja mais demorado? Uma consequência desse tempo maior é o gasto. Se o rendimento é mais lento, o investimento tende a aumentar.

O ideal é definir a campanha planejando o orçamento e o custo por clique de cada link, direcionando como as páginas da sua empresa colocarão à disposição os materiais para sanar as dúvidas da persona e ainda se relacionarão com a venda do seu produto.

O ROI é calculado pelo quociente da subtração entre receita e custo pelo custo. O que isso significa? Em resumo, que o investimento deve ser muito bem pensado e planejado por meio de uma estratégia feita por profissionais competentes. Ou seja, a campanha deve ser dimensionada do jeito certo para que o ROI não fique abaixo do real potencial.

5. Enfraquecimento da imagem da empresa

As pesquisas no Google e a presença nas redes sociais estão entre os fatores mais importantes para manter viva a imagem de uma empresa na web. Ou seja, o esforço feito para inserir a marca na rotina dos clientes contribui para que eles comprem os produtos.

O que isso tem a ver com os links patrocinados? Simples. Como falamos no início do texto, essa estratégia contribui para manter a visibilidade do negócio na rede e determina a forma com que a cultura empresarial será percebida.

Parece complicado, não é? Mas na verdade é uma coisa bem simples. Se elementos como o tom de voz e a linguagem dos seus conteúdos determinam como a marca se expressa, a campanha de links patrocinados determina para quem. Por isso, ter cuidado na elaboração é essencial

6. Exibição dos links para o público errado

O Google dispõe de uma tecnologia avançada de machine learning usada para personalizar os links de acordo com as buscas de palavras-chave. Mas de nada adianta se a persona e o público-alvo não estiverem bem definidos.

A persona é um personagem que resume as características mais específicas do seu cliente ideal, com base em hábitos, gostos pessoais, idade, trabalho, etc. Já o público-alvo é determinado com base em aspectos mais gerais, como faixa etária e faixa de renda.

Além disso, os links não só dispõem uma boa exibição das páginas, como fazem com que a estratégia seja mais mensurável, exibindo novos dados que ajudam a complementar as informações sobre sua persona.

Lembre-se de que o direcionamento à persona é essencial para a elaboração dos conteúdos. Um material que não corresponda a linguagem, vocabulário e tom de voz do seu público pode reduzir o tempo médio no site e prejudicar sua campanha. Afinal, de nada adianta ter pessoas visitando sua página se nenhuma permanece nela.

Os links patrocinados, como você pôde ver, têm relação direta com o número de acessos aos materiais da sua empresa, aumentando a presença na web e gerando autoridade. Se a campanha for feita em conjunto com uma estratégia de SEO, o crescimento tende a se sustentar a longo prazo.

Como qualquer investimento, é preciso tomar cuidado para que o planejamento e a execução da estratégia sejam bem-feitos. Por isso, certifique-se de que profissionais capacitados e experientes cuidarão da estratégia.

Ficou com alguma dúvida sobre os riscos e particularidades de uma campanha de links patrocinados? Deixe a sua questão nos comentários!

Você Também Vai Gostar