Marketing nas redes sociais: conheça 7 tendências para o futuro

O mercado muda muito rápido — cada vez mais rápido, na verdade —, mas gestores que prestam atenção nas tendências podem deixar a empresa um passo à frente dos concorrentes.

Justamente por isso, é importante estar preparado para essas mudanças e inovações do marketing nas redes sociais. Afinal, as mídias digitais marcam uma nova forma de acesso à informação e compartilhamento de conteúdo, abrindo um leque de possibilidades àqueles que estão de olho no futuro.

Então, quer saber quais são as tendências do marketing mais promissoras? Basta continuar esta leitura para conferir!

1. Novos formatos de vídeos

O vídeo digital é uma das formas de conteúdo que mais cresceu nos últimos anos. Acompanhando a queda da audiência em diversas emissoras de TV pelo mundo, ele vem sendo apontado como um possível substituto.

Pelos recursos audiovisuais, é possível explorar o marketing das mais diversas maneiras. Redes sociais como o Instagram, por exemplo, permitem que muita coisa seja feita no modelo “Stories” — isto é, por meio de publicações com pequenos vídeos, que desaparecem depois de vinte e quatro horas.

Outra tendência que tem crescido bastante é a de cursos on-line e webinars, capazes de redirecionar o cliente para landing pages e coletar informações valiosas para a criação de um fluxo de nutrição por e-mail.

2. Foco na geração Z

Você, provavelmente, já ouviu o termo “geração Z” em reportagens e documentários. Trata-se de uma expressão usada para se referir a pessoas que nasceram depois dos 90 e antes de 2010. Mas qual é a relação da sua empresa com isso?

É simples: essa geração viveu o contato mais intenso com a internet, tendo um o acesso veloz à informação. Ou seja, boa parte das referências culturais dessas pessoas vêm da tecnologia.

Por isso, se esse é o seu público, o ideal é adequar a comunicação, vocabulário e tom de voz da marca a ele, adaptando o discurso às suas principais características — como preferência por conteúdos mais objetivos e linguagem mais livre, além da predisposição para interagir e expor opiniões.

3. Uso dos chatbots

Se há algo que está intimamente ligada às tendências do marketing atualmente é a transformação digital. Mas o que esse termo significa?

Em linhas gerais, trata-se do conjunto de mudanças tecnológicas que o nosso século proporcionou, trazendo duas expressões muito importantes para a sua empresa: “machine learning” e “inteligência artificial”.

A inteligência artificial diz respeito à projeção de comportamentos humanos em máquinas. Já o machine learning é a aplicação de inteligência artificial voltada para o aprendizado.

Essa é a tecnologia que sustenta os chatbots — robôs virtuais baseados em algoritmos que têm diversas aplicações, como atendimento, automação, resposta de dúvidas dos clientes etc., mostrando-se uma grande tendência para o marketing.

4. Avanço ainda maior do mobile

Hoje, a importância dos smartphones é, praticamente, uma unanimidade no mercado. Cada vez mais pessoas fazem uso desse tipo de dispositivo para usar as redes sociais, checar e-mails ou fazer uma busca no Google, por exemplo. Por isso, investir em uma estratégia que não tenha suporte mobile é praticamente suicídio.

É importante pensar em como os dispositivos vão corresponder a você em termos de branding e design. Assim, é hora de mais um termo: “responsividade”. Isso diz respeito, grosso modo, a como o design da sua marca vai se adaptar a diferentes dimensões de telas. Nesse caso, toda a estrutura de sites e blogs deve ser pensada com atenção.

5. Uso das ferramentas de escuta social

Uma das utilidades mais importantes para as mídias digitais atualmente está na coleta de feedbacks e opiniões, o que serve bem como um termômetro para a sua marca. Afinal, as redes sociais não são apenas um meio para a sua mensagem chegar aos consumidores, mas também para a mensagem dos consumidores chegar até você.

Para isso serve a escuta digital. Sua ideia é mapear pessoas que influenciam opiniões sobre a marca. Geralmente, essa busca é feita por meio de segmentações e filtros (hashtags, grupos, marcações, páginas, perfis, número de caracteres etc).

Esse processo pode se tornar ainda mais sucinto por meio de um portal de opiniões. Assim, o seu público classifica os seus produtos trazendo transparência para a imagem da empresa e expondo exemplos de sucesso.

6. Uso de computação na nuvem

Lembra-se de quando falamos sobre a transformação digital? Pois outra novidade trazida por essa mudança é a computação em nuvem, uma forma de armazenar um alto volume de dados limitando-se apenas pela qualidade da conexão na web.

Uma vantagem desse tipo de tecnologia está no CRM pela nuvem, que permite que as informações dos times de marketing e vendas estejam todas integradas no mesmo lugar. Assim fica mais fácil acompanhar as conversões e encontrar pontos de melhoria.

Além disso, a nuvem dá suporte ainda a outras tecnologias, como análise e mineração de dados, abrindo um leque de possibilidades para prever e acompanhar o comportamento do consumidor.

7. Conteúdo produzido pelo cliente

Que o marketing de conteúdo é uma realidade, todos já sabemos. Cada vez mais, no entanto, empresas conseguem resultados não só com materiais criados por profissionais da empresa, como também pelo próprio cliente.

Se o conteúdo da empresa é voltado a gerar autoridade, o conteúdo do cliente é voltado a gerar engajamento. Desse modo, o público se torna mais envolvido com a marca, divulgando o produto e contribuindo para aumentar o número de clientes.

Uma das formas mais comuns de fazer isso é criar um perfil usando como conteúdo a experiência dos clientes com o produto, mostrando dicas e ideias sobre possíveis usos, enriquecendo a forma como ele é aproveitado.

Enfim, acompanhar as tendências do marketing nas redes sociais, como você pode ver, abre um grande leque de possibilidades para a criação e otimização de campanhas na sua empresa. Ou seja, a sua equipe passa a estar sempre se atualizando e se diferenciando dos concorrentes!

Lembre-se de que as tendências não param por aqui. É fundamental nunca deixar de se manter informado sobre o assunto, acompanhando sempre as futuras mudanças e mantendo-se preparado para aproveitar o que está por vir.

Agora, se gostou deste post sobre o marketing nas redes sociais e quer se manter atualizado sobre o que pode manter a sua empresa com um pé no futuro, aproveite para assinar a nossa newsletter!

Você Também Vai Gostar